SAUDE

Publicada em 26/01/17 às 22:34h - 531 visualizações
Procura por vacina contra febre amarela quadruplica em Porto Alegre no RS.

fonte: g1.globo.com


Em janeiro de 2017 foram aplicadas 3.685 doses, em 2016 foram 899.
Prefeitura diz que pedido de reposição do estoque aumentou 50%.

O número de vacinas contra a febre amarela aplicadas na rede pública em Porto Alegre quadruplicou no mês de janeiro, em comparação com o mesmo período de 2016, conforme divulgou a prefeitura da capital gaúcha.

Na rede municipal, foram aplicadas 3.685 doses neste primeiro mês de 2017, enquanto que em todo o mês de janeiro de 2016, o número de doses aplicadas foi de 899.

A prefeitura afirma que apesar da alta procura, a reposição das doses está sendo mantida, sendo que mais de 100 salas estão abertas para o trabalho de imunização. A população é orientada a apresentar a caderneta de vacinação, para o controle da imunização.

Conforme a coordenadoria Geral de Vigilância em Saúde foram solicitadas 50% doses a mais para o mês de fevereiro para o governo estadual, mas o atendimento dependerá do que for repassado pelo governo federal. Entretanto, conforme a administração municipal, ainda não foram identificados problemas no abastecimento no país.

No dia 11 de janeiro foi emitido um alerta epidemiológico das autoridades sanitárias acerca da febre amarela, que recomenda a atualização da vacinação da população, imunização de pessoas que pretendam viajar para áreas onde o vírus tem circulado, entretanto, a aplicação deve ocorrer 10 dias antes do deslocamento.
Bugio em tratamento após ataques

Ataques a bugios
Por conta da possível ligação de ataques a macacos por medo da proliferação da febre amarela, a Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul divulgou um comunicado no qual esclarece para a população que o animal não é responsável pela transmissão da doença. Na verdade, eles ajudam na detecção da circulação do vírus.

Por conta disso são chamados de sentinelas, uma vez que a mortalidade destes animais pode indicar a presença do vírus em determinada região, o que permite a vacinação da população antes da proliferação em seres humanos.

A febre amarela é uma doença transmitida pelo mosquito Haemagogus leucocelaenus no Rio Grande do Sul, uma espécie comum em ambientes silvestres. 



Os Heróis da Vida Real.
Hora Certa
Estatísticas
Visitas: 6741046 Usuários Online: 16


Fan Page

Tempo no Brasil
You Tube Inscreva-se.
Departamento de Vendas.
Conexão Blogspot.
Rádio Web.
Bombeiros RS Treinamentos
Febrabom RS
A Maior Loja do Brasil

Inscreva-se em Nosso Canal.
Empresa Forte é Destaque Aqui!
Espaço Democrático.
Anuncie Aqui.
Anuncie Aqui!
Fique informado:
Colunistas

Júlio Valêncio

Contra ou a Favor! "eis a Questão".


MESTRE APARECIDO

O Malvado Favorito.


CARLOS CARDOSO

Bombeiros Civis do Rio Grande do Sul Fiquem Atento a Propagandas Enganosas pois, Nada é de Graça!


Redes Sociais


Bloquear cópia de conteúdo Não tente copiar!
Copyright (c) 2018 - conexaobombeiro.com.br - Todos os direitos reservados