MATERIAL ESTUDO

Publicada em 05/04/17 às 21:58h - 1400 visualizações
A Importância do Treinamento de APH em Emergências Clínicas.

fonte: cets.com.br


Alguns programas de treinamento têm prosperado e obtido reconhecimento pelo valor que emprestam à formação de profissionais da saúde e, por via de consequência, à coletividade. Esse é o caso do Pre-Hospital Trauma Life Support (PHTLS), que capacita para o atendimento ao trauma e tem sido adotado, nacional e internacionalmente, pelos serviços de atendimento pré-hospitalar.

Contudo, programas de qualificação direcionados à assistência clínica (não-traumática) no pré-hospitalar, como o Advanced Medical Life Support (AMLS), já consagrados em outros países, ainda não recebem, no território nacional, a atenção dada no exterior - mesmo que a quantidade de emergências clínicas supere significativamente o número de urgências traumáticas.

Provavelmente, isso se deve a três fatores:
A formação em trauma é mais limitada na graduação acadêmica, o que gera insegurança ao profissional não habilitado;

O atendimento ao trauma se reveste de temor e de peculiaridades que movem o profissional em busca de qualificação. Além disso, envolve um modelo mais específico de atendimento que inibe o indivíduo menos qualificado de atuar nessa área;
É comum assumir que o atendimento clínico de urgência obedece uma lógica tradicional de atendimento - e isso gera uma sensação de conforto ao manejar estas situações, mas acaba desconsiderando as demandas diferenciadas do atendimento clínico.

Desta forma, a qualificação para ambos os tipos de atendimento é essencial, traz muito mais benefício à sociedade e provoca maior impacto na carreira do profissional da saúde.

O mercado do atendimento de urgência é o que mais cresceu nos últimos 15 anos, graças ao investimento público feito no SAMU e em seus sucedâneos privados. Se, por um lado, isso gera oportunidades, por outro há uma enorme escassez de profissionais adequadamente capacitados e formados.

Alguns estudos nacionais ilustram bem a diferença do número de situações clínicas de emergência em relação às urgências traumáticas (causas externas). Estes estudos trazem os seguintes resultados:

Em um determinado estudo, as emergências clínicas corresponderam a 57% da demanda do SAMU, enquanto as urgências traumáticas estiveram presentes em apenas 33% dos atendimentos¹. Já em Ribeirão Preto, ao levantar os motivos das solicitações de atendimento pré-hospitalar móvel em Ribeirão Preto, constatou-se que 85% se deveram a causas clínicas².

A Tabela abaixo mostra que a maioria das ocorrências devidas a causas clínicas enquadram-se em três principais grupos: doenças do aparelho circulatório, com 23,1% (com prevalência das alterações hipertensivas); sinais, sintomas e achados anormais de exames, não classificados em outra parte (21,8%) e gravidez, parto e puerpério (13,8%)¹.

TABELA: Causas de atendimento pelo SAMU na cidade de Olinda 2007
TIPO CAUSAS N % GERAL
Causas Externas Acidentes 460 23,52
Agressões 49 2,51
Demais causas externas 22 1,12
Outros 114 5,83
Parcial 645 32,98

Causas Clínicas Doenças do aparelho circulatório 200 10,22
Sintomas, sinais e exames anormais 189 9,66
Gravidez, parto e puerpério 119 6,08
Transtornos mentais e comportamentais 104 5,32
Demais causas clínicas 253 12,93
Outros 249 12,73
Parcial 1114 56,95

Remoções Parcial 143 7,31

Indefinidos 54 2,76

Total 1956 100,00

É fácil verificar que, com esta distribuição dos atendimentos, a equipe de saúde necessita estar preparada para as principais urgências clínicas que acometem áreas tão diversas e específicas como a gestação. Também não é difícil entender que, embora muito importante, o preparo para assistência ao trauma não fornece habilidades para atender a diversa gama das apresentações clínicas mais comuns.




Os Heróis da Vida Real.
Hora Certa
Estatísticas
Visitas: 6825188 Usuários Online: 50


Fan Page

Tempo no Brasil
You Tube Inscreva-se.
Departamento de Vendas.
Conexão Blogspot.
Rádio Web.
Bombeiros RS Treinamentos
Febrabom RS
A Maior Loja do Brasil

Inscreva-se em Nosso Canal.
Empresa Forte é Destaque Aqui!
Espaço Democrático.
Anuncie Aqui.
Anuncie Aqui!
Fique informado:
Colunistas

Júlio Valêncio

Contra ou a Favor! "eis a Questão".


MESTRE APARECIDO

O Malvado Favorito.


CARLOS CARDOSO

Bombeiros Civis do Rio Grande do Sul Fiquem Atento a Propagandas Enganosas pois, Nada é de Graça!


Redes Sociais


Bloquear cópia de conteúdo Não tente copiar!
Copyright (c) 2018 - conexaobombeiro.com.br - Todos os direitos reservados