CIDADES

Publicada em 31/08/17 às 22:44h - 192 visualizações
Situação financeira de São Leopoldo no RS esta a beira o colapso financeiro.

fonte: jornalvs.com.br


Secretário de Gestão e Governo Marcel Frison espera que haja mais mudanças para manobrar a crise Passada a euforia da campanha eleitoral que devolveu o comando da Prefeitura de São Leopoldo ao Partido dos Trabalhadores (PT), a equipe do prefeito Ary Vanazzi encontrou um Município em grave situação financeira ao assumir o sétimo andar do Centro 
Administrativo, em janeiro. 
Denunciando uma dívida superior a R$ 200 milhões, os membros da atual administração deram início à revisão de contratos com fornecedores e terceirizados, a m de resgatar a saúde nanceira da cidade. Oito meses depois, a Prefeitura contabiliza avanços, mas adverte que a situação beira a calamidade: "Se nada mudar, São Leopoldo vai entrar em colapso", alerta o secretário de Gestão e Governo, Marcel Frison. Com déficit mensal (diferença entre receita e despesa) na casa dos R$ 7 milhões, serviços essenciais são afetados pela falta de recursos. À exceção dos professores municipais, cujo salário está atrelado ao 
Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), todos servidores da cidade recebem salário parcelado desde o início do ano, como já vinha acontecendo em 2016. Além dos funcionários, empresas com contrato vigente com a Prefeitura enfrentam o desa o de manter as operações com repasses atrasados ou parcelados - é o caso da empresa responsável pela coleta de lixo e da empresa responsável pela merenda e faxina das escolas municipais, por exemplo. 
UPA ZONA NORTE 
Para amenizar o problema, a Prefeitura se debruçou sobre os contratos, em busca de renegociação dos valores firmados pela gestão anterior. De acordo com Frison, o exemplo mais simbólico é a UPA Zona Norte, cujo contrato foi reduzido de R$ 1,075 milhão para R$ 751,9 mil por mês. Já os contratos relativos à coleta de lixo foram reduzidos de R$ 400 mil para R$ 300 mil, e o rompimento da Prefeitura com a JOB vai garantir economia mensal de R$ 250 mil. 
Centenário é o maior gargalo de recursos 
Em seus discursos sobre a situação financeira do Hospital Centenário, o prefeito Ary Vanazzi repete com frequência que o Município investe 41% do orçamento em saúde, enquanto o Centenário consome 65% desse valor. Outro número citado com regularidade é o gasto com a folha do Centenário, na casa dos R$ 70 milhões anuais, enquanto os valores arrecadados com o IPTU são de R$ 25 milhões. Todos os meses, a Prefeitura aporta R$ 4,8 milhões para o hospital, mas Frison teme que não seja possível manter os repasses caso a justiça obrigue a Prefeitura a quitar os salários do funcionalismo. "Se isso acontecer, vamos precisar cortar do Centenário. 
Não tem saída", reforça. 
Conveniadas cobram uma explicação 
Depois da caminhada no sábado, que reuniu funcionários e pais de alunos das escolas de educação infantil conveniadas ao Município, a comunidade mantém o pedido por uma reunião com o prefeito. Proprietária da Escola de Educação Infantil Jedidias, Mara Regina Ribeiro dos Santos afirma que o repasse referente ao mês de junho só foi quitado no dia 24 de agosto. "Eles falam para a comunidade que a gente está mentindo sobre os atrasos, mas não podem virar as costas para gente. O risco é de fechar as portas por falência", afirma Mara, cuja escola atende 80 crianças, 73 pelo convênio. A Prefeitura afirma que o prazo está dentro da lei.




Os Heróis da Vida Real.
Hora Certa
Estatísticas
Visitas: 6542062 Usuários Online: 115


Fan Page

Tempo no Brasil
You Tube Inscreva-se.
Departamento de Vendas.
Conexão Blogspot.
Rádio Web.
Bombeiros RS Treinamentos
Febrabom RS
A Maior Loja do Brasil

Inscreva-se em Nosso Canal.
Empresa Forte é Destaque Aqui!
Espaço Democrático.
Anuncie Aqui.
Anuncie Aqui!
Fique informado:
Colunistas

Júlio Valêncio

Contra ou a Favor! "eis a Questão".


MESTRE APARECIDO

O Malvado Favorito.


CARLOS CARDOSO

Bombeiros Civis do Rio Grande do Sul Fiquem Atento a Propagandas Enganosas pois, Nada é de Graça!


Redes Sociais


Bloquear cópia de conteúdo Não tente copiar!
Copyright (c) 2018 - conexaobombeiro.com.br - Todos os direitos reservados