BOMBEIROS

Publicada em 11/12/17 às 20:39h - 236 visualizações
Superlotação pode ter causado naufrágio de barco em RR, diz Corpo de Bombeiros.

fonte: g1.globo.com


Três homens venezuelanos que estavam no barco sumiram no rio e são procurados. Embarcação que naufragou no domingo (10) à tarde.
A superlotação pode ter sido fator determinante para o naufrágio de um barco na tarde de domingo (10) no Rio Branco, em Boa Vista, informou nesta segunda (11) o coronel Everson Cerdeira do Corpo de Bombeiros. Três dos dez ocupantes estão desaparecidos.
O barco afundou por volta das 16h40 do domingo quando um grupo de dez homens, sendo nove venezuelanos e o condutor brasileiro, atravessavam o rio. Um deles tentou entrar na embarcação e ela virou. Sete homens conseguiram nadar até a margem, mas três sumiram na água.
Os desaparecidos foram identificados pela Polícia Militar como Elvis Enrique Lopez Espizona, de 30 anos, Hector Daniel Vilarroel Otaiza, de 31 e Nelson José Lopez, 28, conforme registro feito no 5º Distrito Policial.
Segundo o coronel do Corpo de Bombeiros, coronel Everson Cerdeira, diz que busca podem durar quatro dias ou ser estendidas.
Segundo o coronel, que chefia a operação de buscas, o barco estava superlotado, porque tinha capacidade para, no máximo, cinco ou seis pessoas. Além disso, todos os ocupantes e o condutor estavam sem coletes salva-vidas.
"Se eles tivessem respeitado a capacidade do barco, que era de até 6 pessoas, e utilizassem o colete, isso [desaparecimento] não teria acontecido", declarou Cerdeira.
Ele também afirmou que a operação de buscas pelos venezuelanos deve continuar por até quatro dias, mas o prazo pode ser estendido. Os bombeiros procuram pelos desaparecidos na superfície e mergulhando no rio.
Embarcação encontrada
Segundo o coronel, a embarcação que naufragou foi encontrada nesta manhã a quase meio quilômetro do local onde afundou. O barco, que tem pouco mais de cinco metros, é de alumínio e tinha muitas avarias, incluindo um buraco na parte da frente.
"A embarcação estava bastante danificada, quase sem condições de uso", descreveu Cerdeira, acrescentando que o barco foi retirado do rio e entregue para a perícia.
Naufrágio ocorreu quando grupo de amigos tentava voltar do outro lado do Rio Branco.
Ele disse ainda que a Polícia Civil vai investigar as circustâncias do naufrágio e o condutor pode responder criminalmente pelo ocorrido.
Por fim, o coronel Everson Cerdeira disse que os banhistas que atravessarem o Rio Branco em embarcações devem ficar atentos com a utilização de coletes salva-vidas, além de observar a capacidade do barco.
"A gente também recomenda pra quem for pra consumir bebidas alcoólicas, evite entrar na água", alertou o coronel.
Polícia Civil investiga
Em nota, a Polícia Civil informou que o caso foi registrado na Delegacia Geral de Homicídios no final da manhã desta segunda-feira (11).
O condutor, segundo a nota, poderá responder por homicídio culposo por imperícia, quando não se tem habilitação para conduzir um meio de transporte, imprudência por transportar uma quantidade de passageiros além do que é permitido pela embarcação, e negligência pelas más condições do barco.
A nota finaliza informando que será necessário concluir as investigações do caso para afirmar se houve outros agravantes em relação aos fatos.



Os Heróis da Vida Real.
Hora Certa

Estatísticas
Visitas: 8023430 Usuários Online: 20


Fan Page

Tempo no Brasil
You Tube Inscreva-se.
Departamento de Vendas.
Conexão Blogspot.
Bombeiros RS Treinamentos
Febrabom RS
A Maior Loja do Brasil

Inscreva-se em Nosso Canal.
Empresa Forte é Destaque Aqui!
Espaço Democrático.
Anuncie Aqui.
Anuncie Aqui!
Fique informado:
Colunistas

Júlio Valêncio

Contra ou a Favor! "eis a Questão".


MESTRE APARECIDO

O Malvado Favorito.


CARLOS CARDOSO

Bombeiros Civis do Rio Grande do Sul Fiquem Atento a Propagandas Enganosas pois, Nada é de Graça!


Redes Sociais


Bloquear cópia de conteúdo Não tente copiar!
Copyright (c) 2020 - conexaobombeiro.com.br - Todos os direitos reservados